Search

Carregando...

frases de amor





No amor, um mais um é igual a um
(Sartre)
Não acreditamos em reumatismo nem em amor verdadeiro até o primeiro ataque
(Marie von Ebner-Eschenbach)
A liberdade é incompatível com o amor: um amante é sempre um escravo
(Marguerite De Launay)
Apenas amamos aquilo que não possuímos por completo
(Marcel Proust)
Donde pode nascer o amor? Talvez de uma súbita falha do universo, talvez de um erro, nunca de um ato de vontade
(Marguerite Duras)
Não estou certa de que a descoberta do amor seja necessariamente mais deliciosa do que a da poesia
(Marguerite Yourcenar)
No passado nós obedecíamos a reis e nos curvávamos perante imperadores. Mas hoje nos ajoelhamos apenas diante da verdade, seguimos tão somente a beleza e obedecemos apenas o amor
(Khalil Gibran)
Parece-me fácil viver sem ódio. Sem amor, acho impossível
(Jorge Luis Borges)

Em matéria de amor, os olhos dos homens são sempre maiores do que os estômagos. Eles têm violentos apetites, mas logo terminam o jantar
(John Vanbrugh)
No amor, um mais um é igual a um
(Sartre)
O ciúme é mistura explosiva de amor, ódio, avareza e orgulho
(Jean-Baptiste Alphonse Karr)
Do ponto de vista do medo, ninguém é forte o suficiente. Do ponto de vista do amor, ninguém é necessário
(Kant)
Bem lá no fundo você sabe que só existe uma única mágica, um único poder, uma única salvação... e que ela se chama amor
(Hesse)
A arte, como o amor e a amizade, não existe no homem, mas entre os homens
(Ernesto Sabato)

O amor passa, a amizade volta, mesmo depois de ter dormido um certo tempo
(George Sand)
O castigo daqueles que amaram muito as mulheres é ama-las sempre
(Joseph Joubert)
As mulheres escreveram o poema do amor; os homens comentaram-no, mas não o compreenderam
(Arsène Houssaye)
As mulheres amam muito tempo antes de confessá-lo; os homens têm já deixado, há muito, de amar, quando continuam a confessá-lo ainda
(Emanuel Wertheimer)
Aqueles a quem amamos têm todos os direitos sobre nós, até o de deixarem de nos amar
(Romain Rolland)
Os homens amam através do ciúme; mas as mulheres são ciumentas do amor
(Emanuel Wertheimer)
O amor construído sobre a beleza morre com a beleza
(John Donne)
As mulheres vêem tudo ou não vêem nada, segundo as disposições da sua alma: a única luz delas é o amor
(Honoré de Balzac)
Só se mata bem o que se ama
(Jean Giraudoux)
Quando elas nos amam, não é de fato a nós que amam. Mas é bem a nós que, um belo dia, elas deixam de amar
(Paul Géraldy)
O prazer do amor dura apenas um instante, os desgostos do amor duram toda a vida
(Jean-Pierre Florian)
O amor é como a lua: quando cresce diminui
(Paul Valéry)
Facilmente nos deixamos enganar por aquilo que amamos
(Jean Molière)
Aqueles que falam das alegrias do amor, por certo, nunca amaram. Amar um ser é senti-lo necessário, portanto, sentirmo-nos nós próprios numa incessante precariedade
(Jean Rostand)
A ausência tanto é um remédio contra o ódio como uma arma contra o amor
(Jean de La Fontaine)
O amor é o esforço do homem para se contentar com uma única mulher
(Paul Géraldy)
O amor e a amizade excluem-se mutuamente
(Jean de La Bruyère)
Um amor mais forte que tudo, mais obstinado que tudo, mais duradouro que tudo,é somente o amor de mãe
(Paul Raynal)
Um amor, uma carreira, uma revolução: outras tantas coisas que se começam sem saber como acabarão
(Jean-Paul Sartre)
Amar é ser estúpidos juntos
(Paul Valéry)
Nenhum sentimento é maior do que duas almas sentirem-se unidas... fortalecerem-se... em silenciosas memórias, impossíveis de verbalizar
(George Eliot)
O que é o beijo? Não é o desejo ardente de aspirar uma parte do ser amado
(Giacomo Casanova)
Ninguém ama se não ama à primeira vista
(George Chapman)
No amor, as mulheres são profissionais; os homens, amadores
(François Truffaut)
Se não podemos ver-nos, trocar idéias, nem estar em companhia um do outro, o sentimento do amor evaporar-se-á em pouco tempo
(Epicuro)
Onde reina o amor, não há vontade de poder, e onde domina o poder, falta o amor. Um é a sombra do outro
(Jung)
Homens demoram a perceber que perderam o amor da mulher, por pior que a tenham tratado
(Arthur Conan Doyle)
Em amor, não há último adeus, senão aquele que se não diz
(Alexandre Dumas, pai)
Em negócios de amor, nada de sócios
(Álvares de Azevedo)
nde reina o amor, não há vontade de poder, e onde domina o poder, falta o amor. Um é a sombra do outro
(Carl Gustav Jung)
Quero aprender cada vez mais a considerar como belo o que há de necessário nas coisas: assim serei daqueles que tornam belas as coisas. Amor fati [amor do destino, em latim]: que esse seja doravante meu amor
(Nietzsche)
A grande tragédia da vida não é que os homens morram, mas que parem de amar
(Somerset Maugham)
O gelo da timidez desfaz-se ao fogo do amor
(William Shakespeare)
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
(Vinícius de Morais)
Podemos sofrer no deserto e, no entanto, amá-lo. De resto, é por causa desse sofrimento que o amamos
(Saint-Exupéry)
As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar
(Leonardo da Vinci)
O amor é o sentimento dos seres imperfeitos, posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição
(Aristóteles)
A arte, como o amor e a amizade, não existe no homem, mas entre os homens
(Ernesto Sabato)
Nada melhor para a saúde do que um amor correspondido
(Tom Jobim)
Pintaram os antigos ao amor menino[o Cupido], porque nenhum amor dura tanto que chegue a ser velho
(padre Antônio Vieira)
Aquilo que se faz por amor, parece ir sempre além dos limites do bem e do mal
(Nietzsche)
Pondera cuidadosamente de que qualidade é aquilo que amas
(Ovídio)
Nunca amamos as pessoas. O que amamos são as suas qualidades
(Blaise Pascal)
O perdão é sinal de indiferença; o verdadeiro amor jamais perdoa
(Carmen Sylva)
Imagino que para lidar com as diferenças entre nós e as outras pessoas, temos que aprender compaixão, autocontrole, piedade, perdão, simpatia e amor – virtudes sem as quais nem nós, nem o mundo, podemos sobreviver
(Wendell Berry)
O amor dispensa palavras, já que os olhos sabem falar uma língua muito mais convincente
(Jean de La Bruyère)
Amor é o mais terrível, e também o mais generoso das paixões; é o único que inclui em seus sonhos a felicidade de outra pessoa
(Jean Baptiste Alphonse Karr )
Em sua primeira paixão, uma mulher ama seu amante, em todas as outras tudo que ela ama é o amor
(Lord Byron)
Só se vence o ódio ou a indiferença com o poder da invenção do amor em dar inesperadamente muito mais do que foi perdido
(autor desconhecido)
O ciúme é o meio-termo entre o amor e o ódio
(Commerson)
Quem ama ardentemente também no ódio é violento
(Alexander Pope)
O amor perguntou ao ódio: Por que me odeias tanto? O ódio respondeu: Porque um dia eu te amei demais
(autor desconhecido)
Não amar e não odiar é a metade da sabedoria. A outra metade é nada dizer e nada acreditar
(Arthur Schopenhauer)
A maior necessidade deste mundo é de confiança e amor
(André Gide)
Os que nunca voltam atrás em suas opiniões, amam mais a si mesmo que à verdade
(J. Joubert)
Bondade é amar as pessoas mais do que elas merecem
(Joseph Joubert)
O vinho transforma a indiferença em amor, o amor em ciúme e o ciúme em loucura
(Joseph Addison)
O amor é uma loucura sensata, um fel que sufoca, uma doçura que conserva
(William Shakespeare)
Há sempre alguma coisa de ridículo na pessoa que a gente deixou de amar
(Oscar Wilde)
Se você ama alguém, deixe-o livre
(Sting)
O jogo é a única paixão que pode competir com o amor
(Alfred Musset)
Bem-aventurados os amantes, bem-aventurados os amados e os que podem prescindir do amor
(Jorge Luis Borges)
O inferno é já não amarmos
(Georges Bernanos)
O inferno é perder a capacidade de amar
(Léa Waider)
Não honres com o teu ódio quem não poderias honrar com o teu amor
(Friedrich Hebbel)
Entre homens e mulheres não há nenhuma amizade possível. Há paixão, inimizade, adoração, amor, mas nenhuma amizade
(Oscar Wilde)
Confesso, envergonhado: para mim é necessário que alguém neste mundo saiba mais ou menos quem sou eu e, apesar disso, me ame; é necessário que esse alguém aceite de mim toda a parte conhecida e toda a desconhecida
(François Mauriac)
Temos bastante religião para nos odiarmos, mas não o suficiente para nos amarmos
(Jonathan Swift, escritor irlandês)
Nenhum amor é mais verdadeiro que aquele que morre não revelado
(Oliver W. Holmes)
Há que se amar o que é digno de ser amado e odiar o que é odioso, mas faz falta um bom critério para distinguir entre um e outro
(Robert Frost)
Certamente os homens estão todos, sem exceção, sob a opressão; nenhum é ainda capaz de amar e é por isso que cada um se pensa tão pouco amado
(Theodor Adorno)
Não há amor generoso senão aquele que se sabe ao mesmo tempo passageiro e singular
(Camus)
Amar-se a si mesmo é o começo de uma aventura que dura a vida inteira
(Oscar Wilde)
Ah, o poder do amor -- que às vezes faz de uma besta um homem, e outras vezes faz de um homem uma besta
(William Shakespeare)
O amor e a razão dão dois viajantes que nunca ficam juntos no mesmo albergue: sempre que um chega, o outro parte
(Walter Scott)
Procura amar o próximo: logo me dirás o resultado
(Jean-Paul Sartre)
Lá se foram as brincadeiras da infância, lá se foi para sempre a juventude: ficou para trás a beleza do mundo --e com ela a verdade e a fé e o amor
(Henrique Heine)
Eu não peço riquezas, nem esperanças, nem amor, nem amigo que me compreenda: tudo quanto peço é o céu sobre minha cabeça e o chão sob meus pés
(Robert Louis Stevenson)
O amor faz mais mal do que bem
(Napoleão)
Do ponto de vista do medo, ninguém é forte o suficiente. Do ponto de vista do amor, ninguém é necessário
(Kant)
Muitos são os que amam, pouquíssimos os que sabem amar
(Stefan Zweig)
Desconfiais da lua e das estrelas, da Vênus de Milo e dos lagos, dos violões, das escadas de corda, de todos os romances e romantismos... Mas amai vigorosamente, arrogantemente, ferozmente, a mulher que estiverdes amando
(Baudelaire)
"Os prazeres do amor jamais nos serviram. Devemos nos considerar felizes se não nos aborrecerem
(Epicuro)
Amamos o desejo, não o desejado
(Nietzsche)
Na vingança e no amor, a mulher é mais bárbara que o homem
(Nietzsche)
O amor é cego, mas os guardas-civis, não
(Barão de Itararé)
Amor sem escândalo é prazer sem temor
(Molière)
O amor faz passar o tempo e o tempo faz passar o amor
(provérbio)
1 2 3 4